domingo, 8 de maio de 2011

* por Jou Eel Jia

Refuxo gástrico - Evite alimentos ácidos, frituras e gorduras e tome misturado chá de espinheira santa, bardana e zedoária. Para preveni-lo o mais indicado é meditação ou prática de Lien Ch’i O refluxo gástrico é conhecido também como hérnia de hiato. Para a MTC sua origem está na estagnação da energia do fígado tipo 3 - explico isso mais abaixo. Isso equivale ao que é popularmente conhecido como “nó na boca do estômago”.
A estagnação do ch’i do fígado significa que houve uma descarga emocional contida pelas exigências da vida. Ou seja, a pessoa teve um acesso de raiva, irritação, inquietude ou foi contrariada e não conseguiu elaborar esse sentimento ou então a circunstância não permitiu extravasar.
Quando a pessoa reprime essas emoções pode gerar estagnação na energia do fígado e essa poderá ser classificada em cinco tipos, e é justamente o tipo 3 que se manifesta com alterações gástricas.
Essa estagnação de energia altera o QI HUA (conversão do alimento em energia). Portanto, toda vez que se alimenta corre-se o risco de ter uma crise de refluxo ou então aparece soluço, que seria o ch’i contra-corrente gerado pela estagnação da energia do fígado.
O tratamento consiste em evitar alimentos ácidos, frituras e gorduras. O que facilita a conversão dessa energia é o uso de ervas tais como espinheira santa, bardana e zedoária. Um punhado de cada em uma xícara de chá e feito em forma de infusão pode aliviar os sintomas. Para prevenir o mais indicado é que a pessoa medite ou faça uma prática como o Lien Ch’i (clique aqui e leia) que desfaz a estagnação do ch’i do fígado.
Adotar uma atitude compassiva perante as situações adversas da vida também pode evitar o acúmulo de emoções negativas.

* Jou Eel Jia  é formado em Medicina pela UNIFESP e é Presidente da Associação de Medicina Tradicional do Brasil (AMC).

Nenhum comentário: