terça-feira, 21 de junho de 2011

Colesterol Alto (Hipercolesterolemia)


Orientação Nutricional

Se o seu colesterol ultrapassou os níveis considerados normais (200mg/dL), procure seguir as dicas do seu médico e preste atenção nas orientações que colocamos abaixo.
- O consumo de carne vermelha deve ser feito no máximo três vezes na semana. Nos outros dias, fazer uso de aves sem pele ou peixes. Essas carnes devem ser assadas, grelhadas ou cozidas; fritas, não;
- Usar somente leite desnatado. Também muito cuidado com todos os tipos de queijo, inclusive o queijo branco, muzzarela, e não esquecer que queijo ralado também é queijo. Pode comer com moderação ricota, queijo cottage e os queijos e requeijões "light". Quanto à manteiga, substituir por margarina, principalmente as halvarinas, que são as margarinas "light" (livre de gordura trans), mas também com moderação;
- Evitar comer: manteiga, creme de leite, chantilly, sorvetes à base de leite condensado, gema dos ovos (as claras podem ser consumidas à vontade), maionese, frituras em geral, embutidos como linguiça, copa, salame, presunto, salsicha, e outros derivados da carne de porco como lombinho, torresmo, etc, doces em geral, salgadinhos do tipo amendoim, bolachinhas salgadas demais, alimentos conservados em sal ou salmoura;
- Importante introduzir fibras na dieta que aumentam a saciedade, reduzem o colesterol e melhoram muito o funcionamento intestinal. O farelo de aveia, cevada, centeio, trigo, entre outros, são ricos em fibras e podem ser consumidos pela manhã junto com leite ou iogurte, ou como ingredientes de pães, sopas, etc;
- Faça uso diário de frutas e hortaliças em sua alimentação. Procure comer as frutas com casca e as hortaliças com seus respectivos talos. Quanto mais colorida for sua salada de frutas ou hortaliças, mais rica em nutrientes importantes para sua saúde ela será;
- Quando for comer fora, tenha o mesmo cuidado que você toma ao preparar suas refeições;
- Os componentes alimentares que apresentam uma ação sobre o colesterol e que já foram bastante estudados são os ácidos graxos ômega-3 presentes em peixes marinhos como sardinhas, atum, salmão, cavala, arenque, anchova, entre outros; o azeite de oliva, rico em gordura monoinsaturada (deve ser consumido diariamente mas não em excesso); alimentos ricos em fibras como os cereais integrais (principalmente aveia, centeio e cevada) feijão, frutas com casca e hortaliças com talos; a soja, por conta de sua proteína capaz de reduzir o colesterol ruim (LDL-colesterol); suco de uva e vinho tinto (máximo 2 cálices/dia), ricos em substâncias antioxidantes, e o licopeno contido no tomate e na goiaba vermelha (quanto mais vermelhos esses frutos, maior conteúdo de licopeno);
- Controle o seu peso. O sobrepeso e a obesidade tendem a aumentar os níveis de colesterol. Procure manter um Índice de Massa Corporal < que 25. Para calculá-lo divida o seu peso atual pela sua altura ao quadrado. Se este índice estiver acima de 25 você está com sobrepeso e acima de 30 você está obeso;
- Faça exercícios físicos regulares.

Nenhum comentário: