sábado, 15 de setembro de 2012

Você é um MILAGRE!

http://reikiterapia.wordpress.com/2009/04/28/voce-e-um-milagre/

Nós, seres humanos, não somos nada menos do que um milagre. Pode haver momentos em que nos sentimos inúteis. Mas não somos nada menos do que um milagre. O fato de estarmos aqui, vivos e capazes de inspirar e expirar, é prova mais do que suficiente de que somos um milagre. Uma simples laranja traz dentro de si todo o cosmo: a luz do sol, a chuva, a Terra, o tempo, o espaço e a consciência. Nós também abrigamos todo o cosmo.
Encerramos o Reino de Deus, a Terra Pura do Buda, em cada célula do nosso corpo. Se soubermos como viver, o Reino de Deus se manifestará para nós no aqui e agora – com um único passo, podemos penetrá-lo. Não precisamos morrer para entrar no Reino de Deus. Na verdade, temos que estar bem vivos. O inferno também está em cada célula do nosso corpo. Cabe a nós escolher. Se regarmos todos os dias a semente do inferno que existe em nós, será esta a realidade que viveremos 24 horas por dia. Mas se regarmos diariamente a semente do Reino de Deus que existe em nós, o Reino de Deus se tornará a realidade que viveremos em cada momento. Esta é a minha experiência.
Não existe um único dia em que eu não caminhe no Reino de Deus. Caso esteja neste lugar ou em qualquer outro, sou sempre capaz de andar com a mente desperta. O solo debaixo dos meus pés é sempre a Terra Pura do Buda. Ninguém pode tirar isso de mim. Na minha opinião, o Reino de Deus é agora ou nunca. Ele não está situado no tempo ou no espaço. Ele está no nosso coração. Todos nós precisamos desenvolver o andar consciente e tocar a Terra como se ela fosse um milagre. Se soubermos como voltar para o aqui e agora, se soubermos como tocar o Reino de Deus em cada célula de nosso corpo, ele se manifestará para nós de imediato, no aqui e agora.
* Extraído do livro: Sinta-se livre onde você estiver do autor Thich Nhat Hanh.

GOVERNO BRASILEIRO RECONHECE: A PROFISSÃO DE TERAPEUTA NATURISTA É LIVRE, NÃO É PROIBIDA.

Os terapeutas naturalistas brasileiros tiveram uma grande vitória. A Presidência da República – Secretaria de Relações Institucionais e o Ministério do Trabalho e Emprego, em documento dirigido a ATENEMG e ao CONAHOM, em resposta a um documento dirigido ao Senhor Presidente da República, reconheceram que “a não regulamentação de uma profissão não implica na proibição de seu exercício. A Constituição Federal de 1988, através de preceitos contidos no inciso XIII, do Art. 5º e o inciso VII, do Art. 170, assegura a plena liberdade de exercício de atividade laborativa ou econômica, independente de autorização ou normatização do Poder Público.” Junto a informação no 611, de 28/set/2005 o Ministério do Trabalho e Emprego anexou uma pagina do CBO, Código Brasileiro de Ocupações, que trata dos acupunturistas, podólogos, quiropraxistas e afins, onde no título 3221-15, inclui o Homeopata (exceto médico) ou Homeopata não médico. Assim, o Poder Executivo do Governo Federal reconheceu oficialmente que o homeopata não médico é uma atividade livre e que pode ser exercida por não médicos. Em 2004 o Poder Judiciário também já tinha decidido que a homeopatia não é uma exclusividade de médicos, conforme decisão do Doutor Fernando de Almeida Martins, Procurador da República. Estamos nos aproximando da hora que os terapeutas naturistas, holísticos e energéticos brasileiros terão uma lei aprovada pelo Congresso Nacional. Estamos nos aproximando deste dia.

TERAPEUTAS NATURALISTAS Um verdadeiro terapeuta naturalista tem conhecimentos sobre estímulos terapêuticos completamente diferentes do sistema da medicina oficial: sabe que eles agem para atuar nos planos espiritual, energéticos, mentais, emocionais e físicos. Não invadem áreas de trabalho privativas do medico por que: 1°-sabe que não é médico; 2°-não faz cirurgias; 3°-não prescreve medicamentos, mas indica remédios (cuja terminologia tem conceituações muito variadas); 4°- aplicando a homeopatia ele está trabalhando com um produto dinamizando, do qual somente resta a energia da matéria mãe, destituída de quaisquer elementos químicos; 5.°- não faz diagnósticos, ate mesmo porque para ele não existem doenças, mas sim doentes(O Dr. Bach, dos Florais que levam seu nome, diz que “ doenças provêm da alma”), 6.° e por várias outras razões mais. A exegese do princípio da garantia da liberdade de escolha do profissional, aliás, vem expressa no art.5. °-XVI da C.F. A homeopatia é uma atividade ainda não regulamentada por Lei Federal, o que só a União pode fazer (art.22-XVI da C.F.) Logo, em quais fundamentos legais se estribam CFM CRMs-AMHAMHMG e demais Associações para denunciarem o homeopata como sendo um falso-médico?

O CRIME DA FALSA DENÚNCIA O C. Penal define (art.138), que caluniar alguém é imputar-lhe falsamente um fato definido como crime. Mas não existe crime no exercício da profissão de homeopatas!Aplica-se então o art.140-injuria, que é um ultraje, uma afronta, uma ofensa moral, advinda do emprego de elementos preconceituosos ou discriminatórios. Segue-se o art.139-difamação, que a lei define como a imputação de fato ofensiva à reputação de uma pessoa, artigos esses que penalizam o infrator com pena de detenção. Logo, qualquer terapeuta homeopático (como também os da fitoterapia, acupuntura, etc.) que for denunciado como falso-médico, charlatão ou curandeiro, ou que se vir impedido do livre exercício de sua profissão por ato de pessoas físicas ou jurídicas, de direito público ou privado; por associação médicas, por farmácias ou farmacêuticos, ao nosso ver, pode denunciar o fato às autoridades competentes e pode propor ação de indenização por dano moral puro e por dano material, além de adentrar com medida criminal, com mandado de segurança contra abuso de direito por parte da autoridade co-autora, representação perante o Conselho de Classe etc., conforme seja o caso.
 “O Direito nas Terapias Naturais”, Ed. OAB Federal, Brasília-DF.
Juracyr G. a. Saint-Martin