quinta-feira, 14 de março de 2013

Dengue: visão holística + vários textos do Doce Limão

Este assunto retorna todo ano após a estação das chuvas... Mas sempre com números sinalizando evidente crescimento de mais cidades em crisee, multiplicação vertiginosa de casos, além de cepas de vírus mais violentos e mortais.
As campanhas se concentram em eliminar focos dos mosquitos e avisar a população sobre os sintomas, assim como a busca de centros de tratamento dos casos mais graves como quadros hemorrágicos.
Mas, sem absolutamente anular estas colocações e avisos, vou sair desta abordagem...
O objetivo deste artigo, além de levantar tudo que já escrevemos sobre este assunto, seja de tratamentos de alívio e cura após contágio, formas de repelir o mosquito ou alertando sobre os cuidados preventivos com a saúde humana de forma geral; é dar uma perspectiva MAIS HOLÍSTICA do que significa A DENGUE.
Inicialmente, a Dengue pode ser entendida como uma HEPATITE VIRAL...
Entretanto, o Doce Limão recebe com frequência pedidos de orientação e ajuda para uma doença metabólica que já é quase endêmica no Brasil que se chama popularmente de Fígado Gordo ou Esteatose Hepática.
Esteatose Hepática é um acúmulo de gordura nas células do fígado, também chamada de Infiltração gordurosa do fígado ou Doença gordurosa do fígado. Ela pode ser dividida em Doença gordurosa alcoólica do fígado (quando há abuso de bebida alcoólica) ou Doença gordurosa não alcoólica do fígado, quando não existe história de ingestão de álcool significativa.
As várias possíveis causas são: abuso de álcool, hepatites virais, diabetes, sobrepeso ou obesidade, colesterol ou triglicérides elevados, drogas como os corticóides e secundário a algumas cirurgias para obesidade. Ou seja, quadros de agressão continuada ao sistema hepático que finaliza com uma fragilidade generalizada de todo o sistema hepático e digestivo.
A Dengue é uma colheita previsível, um SUPER ALERTA, do tipo TODA DOENÇA É UM MESTRE, de uma sociedade que se alimenta muito mal além de vida sedentária e compulsivamente intoxicante.
Já fui picada pelo mosquito da Dengue. Percebi rapidamente pelos sintomas como a febrícola, dor de cabeça, fotofobia e cansaço geral. Mas, devido ao poderoso sistema imunológico que tenho, conquistado pela alimentação desintoxicante e viva que pratico, segui minhas atividades de viagem e palestras, sem maiores consequências. Em 3 dias, mesmo trabalhando, estava 100% curada. Logicamente que pratiquei a toma com maior frequência dos sucos verdes e vitamina da lua, à noite os emplastros de linhaça com cebola ralada sobre o fígado, além de escalda-pés com sal amargo para acelerar a desintoxicação que uma virose desencadeia no organismo.
Concluindo
1. A Dengue é uma doença reflexo da sociedade junk food, que permanesce e se alastra na mesma proporção que este tipo nefasto de 'não alimentação' -indigesta e hepatotóxica-cresce e faz parte da vida de cada pessoa, família ou cidade.
2. Independente das ações de saneamento e prevenção dos mosquitos HÁ QUE SE PRATICAR UMA ALIMENTAÇÃO DESINTOXICANTE para zerar as fragilidades metabólicas já instaladas.
3. HÁ QUE SE PRATICAR UMA ALIMENTAÇÃO DESINTOXICANTE, portanto ALCALINIZANTE para ATIVAR O SISTEMA IMUNOLÓGICO & A VIDA QUE TE QUERO VIVA!
4. É certo que quanto mais pessoas tiverem esta consciência e olhar com relação a sua AUTO PROTEÇÃO (e família) contra a DENGUE mais rápido este mosquito perderá a força de ação e multiplicação em nossa casa, cidade, país e planeta!
Providências pela vida afora!
1. Aumentar o consumo de líquidos e sucos verdes com vegetais crus, como sugere a Alimentação Desintoxicante, pois manter o organismo desintoxicado e os líquidos corporais alcalinizados, é o que fortalece o sistema imunológico e afasta o ataque de mosquitos, fungos e bactérias.
2. Evitar o consumo de frituras e alimentos de origem animal, sempre excessivamente gordurosos, ou seja, evitar sobrecarga tóxica e agressões ao fígado, porque a Dengue é uma doença que compromete gravemente a funções hepáticas.
3. Evitar o consumo de refinados como o açúcar e as farinhas + derivados porque DEPRIMEM o sistema imunológico.
4. Evitar o consumo de álcool, refrigerantes e alimentos muitos industrialização, também conhecidos como alimentos BIOCÍDICOS.
5. Diante de um diagnóstico de Dengue seguir as Dicas de Tratamento sugeridas pelos textos abaixo.
6. Saber mais sobre o Fígado & Sistema Hepático, portanto como evitar os danos que estamos causando em nossas vidas e sociedade; nos aspectos físico, energético, emocional, intelectual e espiritual.
(*) Conceição Trucom é química, cientista, palestrante e escritora sobre temas voltados para o bem-estar e qualidade de vida.
Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações, citada a autora e a fonte www.docelimao.com.br

Nenhum comentário: