quinta-feira, 6 de junho de 2013

Comportamento ético

   http://www.humaniversidade.com.br/boletins/etica_planetaria.htm
* Dalai-Lama
"A disciplina ética repousa no desejo de ajudar os outros."
"Um comportamento ético universal implica desenvolver e colocar em prática as idéias humanistas. Idéias que devem levar em conta os problemas de todos os seres, para encontrar soluções aplicáveis a todos, sejam quais forem os credos, as religiões, as culturas e as políticas em vigor nos diferentes países."
"O estabelecimento de uma ética universal requer que um princípio básico seja aceito por todos: abstenção de qualquer ação passível de prejudicar os outros."
"Atuar em conjunto, organizar-se, respeitar-se, aceitar as diferenças de ponto de vista para superá-los, adotar um ponto de vista humano, não mais privilegiar exclusivamente a política e a economia. Todos são aspectos que têm que ser incluídos, se quisermos desenvolver um comportamento ético universal eficaz. Só assim será possível encontrar soluções urgentes, uma vez que os conflitos, os problemas ligados ao meio ambiente, as endemias, as fomes, os desequilíbrios econômicos estão eclodindo, todo o tempo, em um ponto ou outro do planeta. São essas condições que servirão de estímulo para se coordenar rapidamente, em tão vasta escala, os meios disponíveis."
"Resolver problemas instalados em um espaço tão grande como o de nosso planeta requer que os examinemos sob um ângulo global. Uma análise que demanda ao mesmo tempo capacidade de conciliar interesses individuais, da sociedade e do país e, ainda, adaptação às circunstâncias."
"A cada dia devemos olhar o mundo e seus problemas como se fosse a primeira vez."
"O entusiasmo, a vontade, a determinação são indispensáveis, se quisermos enfrentar a urgência de soluções para determinados acontecimentos mundiais."
"A solução para os conflitos não é militar, nem política, nem tecnológica. Não é a corrida de armamentos nucleares que irá preveni-los. A violência induz outras violências. A solução é de ordem espiritual e ética."
"O poder das armas não dura para sempre. Tão logo as condições permitem, ele é destronado pela democracia, pela liberdade e pelo desejo de justiça. O espírito humano sai sempre vencedor nesse tipo de combate."
"A perfeição da ética é construída pela dádiva. Uma dádiva desinteressada, que não espera retorno. Uma dádiva equânime e igual em relação a todos os seres."
"Planejar uma ética de comportamento universal é o único meio de contribuir para tornar o homem mais feliz no conjunto do planeta."
"Observar a Terra do espaço mostra que as fronteiras criadas pelo homem não têm realidade. Observar desse modo o planeta azul nos revela o sentimento de unidade. Tudo parece coerente, justo, no lugar certo. O espaço-tempo dos humanos cria vida nas diferenças, na competição, no poder, nos conflitos, nas raivas. E, no entanto, a Terra é um conjunto, somos parte deste conjunto, dependentes uns dos outros. Só poderemos pensar no futuro da humanidade e assegurar sua sobrevivência, se aceitarmos que o princípio da interdependência, que rege todas as bases do ensinamento budista, é um princípio essencial à vida, um princípio incontornável. A interdependência se torna cada vez mais evidente. A economia, a política, os desequilíbrios do meio ambiente dão prova disso, todos os dias. A lucidez e a reflexão deveriam trazer-nos mais sabedoria, bem como fazer com que este princípio deixasse de ser virtual e se tornasse uma realidade universal."
"Um comportamento ético universal não poderá jamais estar calcado em princípios religiosos, mas, sim, humanos."
"A geração atual está muito comprometida com os mecanismos do mundo moderno, excessivamente dependente deles.
Será difícil para ela transformar hábitos adquiridos, tanto do ponto de vista da mente quanto da matéria. Para construir um mundo melhor, será necessário educar as crianças.
A estratégia a ser desenvolvida é dupla:
- Imediata: Agir sobre os desequilíbrios do meio ambiente e, em especial, sobre tudo que diz respeito aos direitos humanos.
- A longo prazo: Desenvolver os conhecimentos espirituais e adaptá-los à sociedade contemporânea."
"O objetivo das religiões e dos sistemas políticos é ajudar o ser humano a ser feliz. Os meios utilizados para alcançar esse objetivo não parecem sempre coerentes. É, portanto, inútil submeter-se rigidamente a qualquer um deles. Não devemos perder de vista que o homem é mais importante do que qualquer sistema ideológico, seja ele qual for."
"A destruição do planeta pelas armas nucleares é o maior perigo que ameaça a humanidade. Estamos cientes da realidade dessa ameaça. Somos responsáveis por ela. É hora de acharmos os meios de eliminá-la."
* Sabias Palavras do Dalai-Lama

Nenhum comentário: