segunda-feira, 16 de setembro de 2013

O que tem a ração?

Cada vez mais pessoas aderem à Ração Humana com a promessa de milagres em emagrecimento e saúde
Michelly Rosa
Dietas que prometem milagres para emagrecimento e melhoria na qualidade de vida são recorrentes no dia a dia do brasileiro. A “bola da vez” é a chamada Ração Humana, uma mistura de cereais, sementes e outros compostos naturais que promete perda de peso rápida e saudável. Porém, para evitar problemas causados pelo uso indevido da ração, o usuário deve atentar para alguns cuidados.
De acordo com Wânia Lúcia Araujo Monteiro, nutricionista, mestranda em Cardiologia pela Faculdade de Medicina da UFRJ, há ingredientes da ração humana, como açúcar mascavo e guaraná em pó, que podem causar complicações em grupos de risco. “A supervisão de um nutricionista durante a dieta é fundamental, principalmente em casos de pessoas diabéticas, hipertensas ou obesas.”
Outro perigo é a substituição de uma refeição diária por porção de ração humana. Isso porque, o composto não contém os nutrientes necessários para atender as necessidades do corpo, o que pode causar problemas de nutrição. Para Wânia, é importante lembrar que ainda não existe mágica para o emagrecimento eficaz e com saúde. “Sabemos que para emagrecer a pessoa deve consumir menos calorias ou gastar mais calorias (através de exercícios físicos) do que o corpo necessita. Esse balanço calórico negativo faz com que o corpo utilize a ‘dispensa’ calórica, ou seja, as gorduras, causando assim a perda de peso”, esclarece a professora.
O que muitos não sabem é que a mistura da ração humana pode ser calórica. “Na verdade, dependendo da escolha dos alimentos selecionados para a ração humana, esse alimento pode ser rico em fibras, em ácidos graxos poliinsaturados, mas também pode ser rico em açúcares”, explica a nutricionista.
Por isso, é necessário atentar para cada ingrediente e selecionar de acordo com a necessidade e atentar para as condições de higiene dos locais de armazenamento. “É necessário verificar o prazo de validade dos produtos expostos, a limpeza do local, se há fungos, mofo, umidade. Já existe no mercado a ração humana pronta para o consumo, que já vem embalada, tem prazo de validade preestabelecido, tem composição química fixa. Pensando em segurança alimentar essa é mais indicada”, atenta Wânia.
Apesar disso, a ração humana não causa problemas se utilizada corretamente e pode realmente colaborar no emagrecimento pela quantidade de fibras em sua composição, o que provoca sensação de saciedade. “Com isso, a pessoa leva mais tempo para sentir fome, o que pode acarretar redução da quantidade de alimentos ingeridos ao longo do dia”, revela a nutricionista.
A ração humana pode influenciar ainda escolhas alimentares mais saudáveis por ser um composto natural, auxiliando no emagrecimento.
Composto
Fórmulas de ração humana não faltam em revistas e sites, porém há alguns ingredientes comuns em todas as receitas. São eles:
  • Aveia: além de ser rica em proteínas, vitaminas e cálcio; contribui para o controle do colesterol;
  • Cacau: contém minerais e é estimulante de energia;
  • Gergelim: alivia os sintomas de cansaço, estimula atividade cerebral;
  • Semente de linhaça: além de amenizar os sintomas da TPM, é rica em sais minerais, vitaminas, proteínas e auxilia no funcionamento do intestino;
  • Quinua: substância de riquíssimo valor nutritivo e grande quantidade de aminoácidos;
  • Guaraná: estimulante de energia;
  • Fibra de trigo: rica em ferro, proteínas e fibras;
  • Levedo de cerveja: rico em vitaminas (principalmente do complexo B), sais minerais e fósforo;
  • Açúcar mascavo: rico em ferro, potássio, vitaminas, cálcio e sais minerais

Nenhum comentário: