segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Rio de Janeiro implanta o Programa de Terapia Floral através de Lei Municipal

O vereador Reimont entrevista o terapeuta floral Rogério Rebelo, da Rioflor - Associação dos Terapeutas Florais do Estado do Rio de Janeiro. Eles conversam sobre a aprovação a Lei 5.617/2013, de autoria do vereador Reimont, na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, que trata da implantação no município do Programa de Terapia Floral como prática integrativa e complementar ao bem estar e à saúde.

A Lei Municipal nº 5.617 do Rio de Janeiro
CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO
O PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO nos termos do art. 79, § 7o, da Lei Orgânica do Município do Rio de Janeiro, de 5 de abril de 1990, não exercida a disposição do § 5odo artigo acima, promulga a Lei n° 5.617, de 16 agosto de 2013, oriunda do Projeto de Lei n° 1227, de 2011, de autoria do Senhor Vereador Reimont.
LEI N° 5.617, DE 16 DE AGOSTO DE 2013
Fica instituído o Programa de Terapia Floral, prática integrativa e complementar ao bem estar e à saúde no âmbito do Município do Rio de Janeiro.
Art. Iº- Fica instituído o Programa de Terapia Floral no Município do Rio de Janeiro.
Art. 2 ° Constituem objetivos de Programa de Terapia Floral:
I - a promoção da saúde e bem-estar, assim como a prevenção de doenças através de práticas que utilizam as essências florais;
II - a implantação da Terapia Floral junto às unidades de saúde, escolas municipais, centros de educação infantil e creches do Município;
III - o estímulo à utilização de técnicas de avaliação da Terapia Floral.
IV - a divulgação dos benefícios decorrentes da Terapia Floral.
Art 3º -O Programa de Terapia Floral deverá ser desenvolvido por profissionais devidamente habilitados e inscritos nos respectivos órgãos de classe municipal, estadual, ou federal e/ou nas Associações de Terapeutas Florais, nacionais e regionais que tem como objetivo a autorregulamentação da profissão.
Art. 4º - Para o disposto nesta Lei, o Poder Executivo poderá celebrar convênios com órgãos federais e estaduais, bem como com entidades representativas de Terapeutas Florais e de Associações de autorregulamentação das categorias profissionais existentes.
Art. 5º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Câmara Municipal do Rio de Janeiro, em 16 de agosto de 2013.
Vereador JORGE FELIPPE

Presidente

Alzheimer X Alumínio


                        

* Por Dr. Augusto Vinholis
Existem indícios muito fortes de que exista uma relação entre a Doença de Alzheimer e a contaminação com o metal pesado - Alumínio. Foi encontrado um índice 6 vezes maior de alumínio em cérebros de pessoas que tinham falecido com a Doença de Alzheimer, através de necropsias(exame médico-laboratorial feito em cadáveres).
 A contaminação se faz através de ingestão de material alimentar e higiene pessoal ao longo de nossa vida, desde crianças. Por exemplo : os sucos servidos em caixinhas de papelão, por dentro é revestido por alumínio. Os refrigerantes e cervejas de latinha, por dentro são puro alumínio. Pasta de dente (dentifrício) o revestimento é de alumínio, nos tubos rígidos. A maioria dos restaurantes e algumas donas de casas cozinham em panelas de alumínio havendo uma terrível contaminação!Você pode fazer um teste. Passe um pano branco, limpo, dentro de uma panela de alumínio, limpa. Você vai ver que o pano sai sujo de alumínio!!!Imagine você comendo comida todos os dias sendo feita em panela de alumínio!Formas de pizza, a grande maioria é de alumínio! 
Quando se corta com a faca, fica aquele risco na forma. O alumínio que saiu foi para o seu pedaço de pizza!
Os antiácidos são na sua maior parte à base de Hidróxido de Alumínio!Os anti-perspirantes (desodorantes) tem Alumínio na sua formula.
Alguns fertilizantes usados no plantio, principalmente de Batata Inglesa, a famosa batatinha frita, são à base de alumínio!
Bem, Você estaria se perguntando! Então estamos “fritos” e sem saída!NÃO! HÁ SAÍDA SIM!
Podemos começar trocando as colheres de cozinhar pela de pau, ou plástico rígido! Depois, com o tempo você vai substituindo as panelas de alumínio por panelas de aço inoxidável, que são as melhores. As pastas de dente , podemos trocar pelas de tubo flexível.Os refrigerantes podemos tomar em garrafas, e também a famosa cervejinha, em vidro.Os sucos podemos adquirir os contidos em vidro.O desodorantes e anti-ácidos podemos escolher os que não tem Alumínio em suas formulas.Na hora de cortar a pizza ,corte-a com faca de madeira ou uma espátula de plástico rígido. E a batatinha! Bem, como a batatinha faz engordar, dá gazes, etc. Podemos substituí-la por outra coisa!Ou, procurarmos batata inglesa plantada organicamente, sem uso de agrotóxicos!
Bem, o importante é ficarmos alerta e evitarmos a contaminação!
* Dr. Augusto Vinholis - Cientista Bio-Médico